Na manhã desta última quinta-feira (13), Kéfera Buchmann foi uma das convidadas do programa Encontro. Entre os temas debatidos no programa, Fátima Bernardes falou sobre feminismo. A atriz protagonizou uma grande polêmica quando decidiu rebater um homem, que estava na plateia e foi entrevistado por Fátima.

Kéfera disse ao rapaz que ele pode até ouvir e complementar o que as mulheres dizem, porém, não tem o direito de querer ensinar nada para as mulheres no que diz respeito a feminismo e que isso se chama mansplaining.

Publicidade

A atriz disse que sabe perfeitamente o que é feminismo e que o ponto de vista dele era desnecessário.

A discussão acabou tendo grande repercussão nas redes sociais, e o nome de Kéfera ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter na tarde de ontem. Só que o clima esquentou tanto que a atriz global acabou sofrendo algumas ameaças. A ex-youtuber resolveu compartilhar o ocorrido com seus fãs.

Um dos internautas chegou a postar que ela "tinha que ser estuprada para parar de ser babaca, lixo". Kéfera disse que está sempre lendo os comentários e que a luta das mulheres não é "mimimi", pois realmente existe a cultura do estupro no país, o que não é uma coisa legal, pois faz parte do machismo e também do patriarcado enraizado da sociedade, explicou a atriz.

"Vocês já saíram de casa com medo de serem estuprados?", questionou Kéfera, deixando seus fãs em choque, pois não sabiam a que ponto a questão tinha chegado. Ela disse ainda que as mulheres acabam tendo este sentimento todo dia e que conviver com isso não é nada fácil.

Kéfera compartilhou o comentário do internauta em seu perfil no Facebook e a postagem já recebeu mais de 780 comentários e centenas de compartilhamentos, confira:

Polêmica no Encontro com Fátima Bernardes

Nesta última quinta-feira (13), o programa Encontro debateu sobre o feminismo e a luta das mulheres pela igualdade dos direitos entre elas e os homens.

Publicidade

Kéfera, uma das convidadas, discordou de um homem que estava na plateia e foi entrevistado por Fátima Bernardes.

Ao vivo, a atriz respondeu o rapaz alegando que ele não tinha autonomia para ensinar feminismo para as mulheres e foi aplaudida pela plateia. A apresentadora também se mostrou incomodada pela opinião dada pelo homem.

O rapaz disse que as mulheres alegam que é preciso respeitar, só que na prática seriam elas as responsáveis por começarem as agressões. Ele se identificou como Walace e contou que um homem postou em uma rede social que carrega cimento, e por isso é mais forte que as mulheres, então, deveria ser valorizado.

Não demorou muito para ser "atacado" por muitas mulheres, e o sujeito acabou excluindo seu perfil.

"Era uma opinião dele", alegou Walace, dizendo que direitos de homens e mulheres não são iguais. Irônica, Kéfera pediu para ele explicar mais, só que já foi logo interrompendo o rapaz para dizer que as mulheres sabem muito bem o que é feminismo.

Vendo que o clima estava ficando tenso, Fátima Bernardes procurou amenizar a situação e disse que a vantagem dele falar tudo aquilo é que existem muitas pessoas que pensam exatamente daquela forma.

Publicidade