8 motivos para os turistas escolherem países menos exóticos quando forem viajar

Desde bichos folgados até aranhas enormes, alguns destes motivos podem fazer os turistas repensarem seus destinos de viagem.

Anúncio

Viajar é algo desejado por muitos. Entretanto, se o destino não for conhecido, pode trazer diversos transtornos ao turista, dentre eles, os citados abaixo. Cabe um destaque para a Austrália, que lidera o ranking de 'coisas' esquisitas.

1

Cobras por todos os lados

A Austrália é um dos países onde há a maior diversidade de cobras. Apesar de ser um país muito bonito, deve cuidar para não esbarrar em serpentes por onde você anda.

2

Aves que roubam alimentos

Em locais de rios com fauna de pássaros variada, deve-se tomar cuidado com os pássaros ladrões de comida. Olha o que eles podem aprontar.

3

Vaso bem frequentado

Em países de clima muito úmido, como os da Oceania, que inclui a Austrália, a proliferação de anfíbios adoráveis é grande e podem acontecer cenas como esta.

Advertisement
Anúncio
4

Países de neve

Se o turista nunca viu neve, deve adotar alguns cuidados práticos para não acabar como este da foto, que 'decidiu' conhecer o teleférico desta forma.

Advertisement
5

A África dos Safáris

Um elefante pode ser 'fofo' se visto de longe. De perto, ele é maior que seu veículo então oferece reais riscos de vida. Até se ele sentir uma coceirinha na barriga e resolver usar seu carro para ajudar a se esfregar.

6

Aranhas gigantes

A Austrália também é conhecida pelo tamanho das aranhas. De várias espécies, venenosas ou não, um dia é possível dar de cara com uma dessas em seu quarto de hotel.

7

Países com culturas diferentes

Em alguns países, os direitos humanos para quem descumpre alguma regra, pode deixar de ser prioridade, então, estude bem os costumes locais antes de embarcar para uma aventura desconhecida.

8

Polvo mortal da Austrália

Onde vinda direto da Austrália. Este belo e reluzente polvo é extremamente venenoso e pode matar um adulto em poucas horas.

Clique para ler mais e assistir ao vídeo
Ou então